Bom dia Amores!

O outono já está aí e em breve o inverno, então vamos as tendência para estas estações.

ANIMAL PRINT COLORIDO OU ESTILIZADO 


Diane von Furstenberg, Gucci e Missoni

A estampa que já foi sinômino de cafona (depois de chic, depois de cafona de novo…) é renovada com variações de cor ou de recursos gráficos sobre o motivo tão adorado pelas brasileiras. Portanto, aguarde ainda mais opções de oncinhas, zebras e girafas nos próximos invernos.


Michael Kors, Missoni e Versace

PADRONAGENS MASCULINAS


Diesel Black and Gold e Emporio Armani

As tradicionais padronagens de alfaiataria masculina, como risca-de-giz e príncipe-de-Gales, ganham novas escalas, cores e modos de usar. Tudo para tirar o ar sério e encher de informação de moda o guarda-roupa profissional (que, mais do que nunca, poderá sair direto para o happy-hour…)

 
Lanvin, Versace e Missoni

CONJUNTINHOS ESTAMPADOS

M Missoni, Nicole Miller e Tory Burch

Saia e jaquetinhas com a mesma estampa maximalista (floral ou abstrata) são uma alternativa de meia-estação, para manter o corpo aquecido sem perder a vibração dos looks de verão. Mais coloridos do que um twin-set profissional, em tweed, devem aparecer também nas ruas e nas baladas.

CONJUNTOS ESTAMPADOS

  
Diane von Furstenberg, Michael Kors e Missoni

A ideia dos conjuntos se repete também no combo calça + paletó, tipo o look pijama que já circulava nos blogs de stree-style. Pode ser em estampas miúdas (para agradar as mais discretas) ou desenhos grandes (satisfazendo o desejo das mulheres mais espalhafatosas).

CONJUNTOS LISOS


Bottega Veneta, Gucci e Hugo Boss

Fugindo das estampas, as cores vivas podem facilitar o uso dos conjuntos. É tipo um terninho, porém atualizado.

 

TERNINHOS PRETOS


Lanvin, Red Valentino e Versace

Conjunto mais clássico de todos, o terninho preto perde seu traço masculino e aparece com as barras curtas, bocas amplas e paletós redesenhados. As executivas vão adorar, pois podem montar looks mais contemporâneos sem descumprir os dress-codes empresariais.

PRETO LONGO

Chanel e Hugo Boss

O pretinho básico, curinga de toda mulher moderna, não é mais um tubinho, e sim um vestido mídi ou longo. Pode investir em um desses que será o mais visto nas selfies nos próximos anos em todos os tipos de festas!


Michael Kors, Red Valentino e Versace 

BEGE


Bottega Veneta, Carolina Herrera e Lanvin

O neutro da próxima temporada de frio é mais amarelado e menos rosado que o nude que reinou por muito tempo. Na maioria das vezes, foi usado em tom sobre tom, em pequenas variações de gradação. É uma cor difícil, que deixa as mulheres com o rosto apagado (tanto as branquelas quanto as negras!).


Michael Kors e Ralph Lauren

Pochetes, peças prateadas, ombros de fora, veludo… Veja tudo o que promete chegar às araras na próxima estação e se prepare para dar nova vida a algumas peças e acessórios que estavam esquecidos no fundo do armário

UMA por Raquel Davidowicz, Wagner Kallieno e Ellus (Foto: Imaxtree/Agência Fotosite)

Onda metalizada
Depois de reinar em algumas temporadas, o dourado perde o protagonismo para o prata, que se destaca como recurso indispensável para iluminar os looks sóbrios da estação. Na hora de usar, a regra é não economizar. Aposte em peças completamente metalizadas, como casacos longos, bodies, botas, saias e até conjuntinhos com pegada futurista, como mostrou a Ellus, Wagner Kallieno e UMA por Raquel Davidowicz.

UMA por Raquel Davidowicz, Lilly Sarti, Helô Rocha e Ellus (Foto: Imaxtree/Divulgação)

O retorno das pochetes
Apesar de controversas, as bolsas hit dos anos 80 prometem voltar à cena fashion no próximo inverno. E os modelos surgem repaginados, prontinhos para se adaptarem a diferentes estilos. A Lilly Sarti criou um cinto de pegada boho com bolsos estratégicos. Já a UMA por Raquel Davidowicz embarcou no universo urbano e apostou em uma pochete com cara de clutch. A Ellus Sport Deluxe trouxe um modelo esportivo perfeito para a academia, já Helô Rocha investiu em versões sofisticadas feitas de píton.

Herchcovitch;Alexandre, Animale, PatBo e Reinaldo Lourenço (Foto: Imaxtree)

Transparência reveladora
Assim como os desfiles internacionais, os nacionais também apostaram no movimento FreeNipple para lançar a transparência como tendência absoluta do próximo inverno. Em rendas e sedas finas, ela serviu de contraste perfeito a casacos longos e pesados, que estiveram na passarela de Herchcovitch;Alexandre, Animale, GIG, PatBo, Reinaldo Lourenço e Helô Rocha.

Gloria Coelho, PatBo, Vitorino Campos e Lilly Sarti (Foto: Imaxtree)

Ombros à mostra
O inverno ameno que costuma chegar ao Brasil permite algumas ousadias fashion, como os ombros de fora, que surgiram ora em recortes estratégicos, ora em decotes gipsy tomara-que-caia. Até as golas rulês apareceram em decotes nadadores generosos. O detalhe promete dar frescor às produções da temporada. Animale, Ellus, Reinaldo Lourenço, Lilly Sarti, Vitorino Campos, PatBo e Gloria Coelho apostaram!

Giuliana Romanno, Iódice, Osklen e Juliana Jabour (Foto: Imaxtree)

Listra p&b
O print da estação, sem dúvida, será a listra p&b. Ela apareceu em calças, camisas e casacos, ora com ares de alfaiataria, ora com uma pegada esportiva. Versátil, é a estampa ideal para tirar qualquer look de inverno do óbvio. Na passarela da Juliana Jabour, houve até um mix and match com poás p&b – combinação infalível! Giuliana Romanno, Iódice e Osklen foram outras grifes que investiram!

Giuliana Romanno e Apartamento 03 (Foto: Imaxtree)

Maxialfaiataria
Despretensiosa e com shape afastado do corpo, a alfaiataria do inverno chega repaginada. Conforto é a palavra de ordem da temporada, mas sem perder o estilo. Giuliana Romanno e Apartamento 03 desfilaram ótimas opções.

Coven, Helô Rocha, Gloria Coelho e Giuliana Romanno (Foto: Imaxtree)

Gola alta à la 60’s
As golas rulês que já haviam dado as caras na temporada passada, seguem firma para o inverno. Herança dos anos 60, elas propõem um silhueta mais esguia e elegante, Nas passarelas, surgiram de maneiras bastante distintas, em casacos de couro, tricôs, vestidos de renda e até em top cropped. Giulianna Romano, Glória Coelho, Helô Rocha e Coven desfilaram suas apostas!

Ellus, Reinaldo Lourenço e Osklen (Foto: Imaxtree)

Veludo molhado
Depois de passar algumas estações adormecido no fundo do armário, o veludo ganhou nova vida nas passarelas da Ellus, Osklen e Reinaldo Lourenço. Para atualizar o tecido, as marcas apostaram em modelagens mais justinhas, cores inusitadas – verde, mostarda e vinho – e propuseram um contraste perfeito ao combiná-lo com renda fina.

E aí pessoal, se animaram com as novas tendências outono inverno 2016? O que usariam?

Beijos,

2016-03-10-16-49-34-439 by Tânia

 

Tendência Outono Inverno 2016

Deixe uma resposta

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: